produtividade

Seja trabalhando sozinho ou gerenciando uma equipe, a organização é fundamental. Muita gente acha perda de tempo tirar alguns minutos do dia para organizar as tarefas. Seja planejando o que vai fazer no dia seguinte, antes de desligar o computador, ou antes de começar no próprio dia. Você não precisa calcular quantos minutos vai gastar em cada tarefa, mas essa organização ajuda a priorizar o que é mais importante, o que vai demandar mais tempo, o que pode ser resolvido rapidamente e tirado da fila logo de cara. Estou sempre procurando formas de melhorar a produtividade, nesses dias tão corridos, e achei essa minha de ouro com vários PDFs disponíveis para download. Não tinha como não compartilhar! Dave Seah é um designer de interação e desenvolvedor que aplica processos de vídeo game para melhorar a educação. Ele desenvolve inúmeras ferramentas para não se perder no dia-a-dia, com muitos ou poucos projetos. Vale a pena conferir no  site! E você, como controla seu fluxo de trabalho e produtividade? imagem: The Task Progress Tracker © Dave Seah   Like this:Like...

hubert de lartigue

Hubert de Lartigue, é mais um daqueles artistas que você não acredita na perfeição das imagens. O francês, que atualmente trabalha e mora nos arredores de Paris, nasceu em Angers. Se formou em Artes na Ecole Estienne e foi trabalhar com packaging. Depois de um ano trabalhando nessa área, se especializou e começou a trabalhar como ilustrador freelancer voltado para as embalagens. Ilustrou capas de livros de ficção e  jogos de RPG, até chegar no seu tema favorito, pin-ups. Em 2003, ele passou a pintar em grandes formatos, e vem produzindo em torno de 10 quadros por ano desde então. Os trabalhos são tinta acrílica sobre tela. A riqueza de detalhes é de tirar o fôlego!     Para mais telas, visite o site do artista.        Like this:Like...

joana coccarelli

Num mundo de artistas digitais, a carioca Joana Coccarelli é uma artista à moda antiga. Suas colagens, inteiramente manuais, saltam aos olhos e fazem você passar um bom tempo se deliciando com cada pedacinho. Todas feitas à mão, trazem uma riqueza de cores e detalhes e as mais diversas referências. Sua última série “the fairy tales sessions” , é uma releitura dos principais personagens do imaginário infantil, com uma visão moderna e surreal de cada um deles. Difícil foi escolher quais colocar aqui no post! Joana ilustrou com 21 colagens o livro “liberdade até agora”, e teve seu trabalho publicado em vários lugares como na Folha de São Paulo e na revista especializada Zupi.     Você pode ver mais do trabalho dela no Flickr, onde ela assina como narghee-la. Like this:Like...

cadeira panton

Eu sou suspeita para escrever este post, pois a cadeira Panton é um sonho de consumo que vem de muito antes da faculdade. Desenhada por Verner Panton, foi a primeira cadeira produzida com um único e contínuo pedaço de plástico. Sua história começou em 1955, com a cadeira S, em parceria com a Thonet. Esta já era uma peça única de compensado e que Verner tentou produzi-la durante muito tempo em plástico. Em 1960, ele cria a Panton e em 62, vende os direitos de produção à Herman Miller. Sua produção em série só foi resolvida em 1967 e desde então seu design ganhou vários prêmios internacionais. É um ícone de design e decoração atemporal. Quase sexagenária, se mantém moderna e objeto de desejo até hoje.   Like this:Like...

fabian oefner

Nascido na Suíça em 1984, Fabian Oefner, é um artista aficcionado por ciência. Seu trabalho retrata fenômenos naturais presentes em nosso dia-a-dia, de maneira incrível e inspiradora. Abaixo, dois de seus trabalhos. O primeiro retrata as propriedades do ferrofluido, quando misturado a pigmentos e aquarelas. Como o ferroluido não se mistura à água, ele forma os labirintos e bolsões contendo as cores vivas da aquarela. As fotos retratam essa reação microscópica, que tem o tamanho de uma cabeça de alfinete. A série é chamada de Millefiori.   O segundo, Liquid Jewel, forma lindas esculturas de tinta suspensas no ar e é uma continuação de sua série Black Hole, que explorava a força centrípeta. Nessa nova série, Fabian cobriu balões com várias camadas de tinta e fotografou o momento exato onde eles são estourados com uma agulha. O resultado é uma explosão de cores em várias direções, criando um efeito lindíssimo.     Like this:Like...

chicken box

A Chicken Kitchen é uma sub-marca da cadeia de mercados Lowes Foods. Para encarar o desafio de renovar a sub-marca e trazer mais público para esta área das lojas, a Lowes Food contou com o escritório WildFire. As embalagens divertidas chamam a atenção de adultos e crianças e as versões infantis trazem jogos e piadinhas impressas nas laterais. É daquelas que dá vontade de guardar a embalagem depois! Mais imagens do projeto, no site da Wildfire. Recomendo dar uma olhada nos outros projetos também.   Like this:Like...

sylvain sarrailh aka tohad

Já imaginou como seriam os personagens de nossa infância, se fossem versões reais de suas características mais marcantes e caricatas? O ilustrador francês Sylvain Sarrailh, conhecido como Tohad, imaginou. As ilustrações são em sua maioria de personagens psicóticos e sanguinários, bem diferentes de suas intenções originais para o imaginário inocente infantil. Cada personagem tem uma breve explicação sobre sua versão badass e você pode conferir a série completa no DevianArt do artista. Like this:Like...

Cadeira Wasily

A cadeira Wassily, foi desenhada e produzida pelo húngaro Marcel Breuer. O arquiteto era mais um entre os mestres que passaram, pela Bauhaus. A cadeira de tubos metálicos e tiras de couro, inicialmente se chamou Club, para mais tarde ser rebatizada em homenagem ao amigo de Breuer e pintor, Wassily Kandinsky. A sua estética mecanicista abstrata era diretamente relacionada à tendência do movimento racionalista da Bauhaus, para a criação de formas simples e para o uso de materiais ligados à produção industrial em grandes quantidades destes produtos. Isso permitiria (em teoria) reduzir custos e a democratização do design de qualidade. Like this:Like...

gerardo justel

Sabe aqueles trabalhos que vocês olha e fala “quero ser essa pessoa quando crescer”? Gerardo Justel é essa pessoa. Esse designer gráfico argentino, simplesmente arrasa em suas ilustrações realistas e quase fotográficas. Você vai ter dificuldade em diferenciar algumas… Mais processos, pinturas incríveis e trabalhos em 3D [sim, ele também faz 3D], você encontra no DevianArt de Gerardo. Divirtam-se!   Like this:Like...

loretta lux

Somos fãs da Loretta Lux tem um tempo. A alemã, nascida em 1969 em Dresden, é conhecida por seu trabalho fotográfico com crianças, alterando e manipulando digitalmente as fotos, fazendo referência aos trabalhos de pintura dos grandes mestres. Lux estudou na Academia de Artes Visuais de Munique e começou seu trabalho com fotografia, em 1999. Influenciada por artistas como Francisco de Goya, Agnolo Bronzino e Velasquez, Lux escolhe cuidadosamente seus modelos, acessórios e figurino. Após a sessão fotográfica, ela passa semanas mainuplando e tratando as imagens, até obter o resultado incrível que encontramos em todas as suas obras. Atualmente Loretta trabalha e vive na Irlanda. Mais trabalhos no site da artista.   Like this:Like...

Stefan Sagmeister

Stefan Sagmeister é um dos designers mais conhecidos e controversos atualmente. O trabalho desse austríaco, sempre surpreeende seu espectador, algumas vezes chocando os mais contidos. Stefan tem uma grande carteira de clientes no ramo da música, como os Stones, Lou Reed e Jay-z. Este último talvez não por vontade própria, já que em uma palestra que assistimos, o designer contou que após ser procurado pelo cantor e negar o trabalho inúmeras vezes durante meses, finalmente recebeu uma proposta que não pôde recusar. Jay-z venceu pelo cansaço [e pelo dinheiro]. Além de estar em um patamar onde pode recusar clientes deste calibre, Stefan costuma tirar um ano sabático de 7 em 7 anos. Neste ano ele fecha o escritório em NY, a Sagmeister & Walsh, e vai viajar pelo mundo, pesquisando culturas e referências para os 7 anos seguintes. Like this:Like...

comaxurros

Deu saudades da saída do colégio…Lembram quando acabava a aula e tudo mundo tinha que parar na carrocinha para comer um churros, com aquele doce de leite quentinho, que fazia um estrago no uniforme? Comaxurros é uma “xurreria” localizada em Barcelona, que teve sua indentidade feita pelo estúdio espanhol Lo Siento. Olha que fofas as peças e a estampa criada por eles! Acho que faria sucesso por aqui, não? Like this:Like...

objectified

No último fim de semana [depois de trabalhar dois seguidos] resolvi tirar umas horinhas de descanso, para arejar a cabeça. Resolvi assistir a um documentário que já estava há algum tempo na minha watch list do Netflix, Objectified [2009]. Quando eu ainda estava na faculdade, um professor disse “design é tudo”. E é sobre isso que o filme fala. Não é uma frase para designer se gabar do que faz. Simplesmente quer dizer que absolutamente tudo com o que a gente se relaciona no dia-a-dia, teve alguém que sentou e pensou, testou exaustivamente até dar vida aquele objeto. Da sua escova de dentes até seu telefone de última geração. E na maior parte do tempo, nem nos damos conta de todo o pensamento por trás do resultado final. O processo que levou a alguns objetos está retratado neste filme, e é super interessante de assistir. Entre os entrevisatdos estão Dieter Rams, incrível designer alemão da Braun e Jonathan Ive, da Apple. Karim Rashid também dá seu depoimento e mostra alguns de seus produtos e o pensamento por trás do resultado. Em resumo, o filme trata de relação entre os objetos e seus designers, e o impacto deles em nossas vidas. Sobre os profissionais que repensam, reavaliam e reinventam diariamente os processos de manufatura [e industriais]. Sobre expresssão, identidade, consumo e sustentabilidade, como diz o próprio diretor Gary Hustwit. Esse é o segundo filme de uma trilogia, onde o primeiro é Helvetica [2007] e o último Urbanized [2011]. Todos maravilhosos! Então, sendo você designer ou não, se estiver de bobeira no fim de semana, assista! O site do filme disponibiliza a versão streaming...

mr.kone

Mr. Kone é um designer e ilustrador mexicano, que trabalhou para inúmeros grandes clientes e revistas ao redor do mundo. Seu traço quase cartoon e o uso de cores fortes, diferenciam seu trabalho. Like this:Like...

a game of social thrones

Ano passado o HootSuite fez um infográfico, inspirado em Game of Thrones, para explicar a crescente desavença entre as redes sociais. Esse ano, eles resolveram recriar a abertura do programa usando essas mesmas redes. O resultado incrível, você confere aí embaixo e também o infográfico. Eles incentivam o compartilhamento dos usuários, utilizando o tag #GameOfSocial. E você? A que reino pertence?   Like this:Like...

andrés martinez ricci

Andrés Martinez Ricci é um ilustrador argentino, formado em design gráfico pela Universidade de Buenos Aires. Depois de formado, resolveu embarcar no seu sonho de infância e trabalhar em período integral com suas ilustrações. Trabalhou na Disney e no Cartoon Network e ilustrou uma variedade enorme de livros para editoras inglesas e americanas. Atualmente vive em Madrid. E dessas ilustrações incríveis, você pode comprar os paper toys de Mad Men, Breaking bad e GoT. Tudo na loja virtual dele. Like this:Like...

embalagem compacta

Uma solução para reduzir a quantidade de lixo gerado pelos restaurantes de fast-food. O designer Ian Gilley projetou essa linha feita com papel prensado biodegradável. É bem mais prática de carregar, com certeza. E deu uma “saudadinha” dessa linha gráfica antiga do McDonalds… Só resta uma questão. Como remodelar toda a linha de produção baseada em ilhas distintas de montagem para uma produção linear? Like this:Like...

fat & furious burgers

Aviso aos navegantes: Se estiver com fome não abra este post! Os designers franceses Quentin e Thomas, decidiram fazer arte com sua comida favorita, o hamburguer! As imagens são uma delícia! No site dos caras você encontra, além de mais projetos, os ingredientes de cada um deles. Ou melhor, de quase todos… Ficou com fome? Like this:Like...

yue minjun

É quase impossível se deparar com a obra de Yue Minjun e pelo menos, não esboçar um sorriso de canto de boca. O artista chinês é conhecido por seu trabalho de auto-retrato, sempre com uma gargalhada congelada no rosto, mas replicada em inúmeras e muitas vezes inusitadas situações. Seu forte é a pintura à óleo, mas também encontramos vários trabalhos seus no campo da escultura, aquarela e estamparia.   Like this:Like...

adrian frutiger

Começamos a série ícones do design com uma reedição de um dos posts da página do FB. Você sabe quem é esse simpático senhorzinho? Ele é um famoso designer e tipógrafo suíço. Adrian Frutiger nasceu em Unterseen [Suíça], filho de um tecelão. Desde cedo mostrava interesse pelas artes, principalmente pela escultura. Seus pais e professores no entanto, o incentivaram a  estudar as artes gráficas. Já nessa época, Frutiger ia contra a a estrita e sisuda caligrafia européia/suiça e começou a criar tipos que destoavam do padrão. Após formar-se na famo­sa Escola de Artes e Ofícios de Zurique, o suíço mudou-se para França ao 24 anos, em 1952. E foi em Paris que, uma de suas fontes mais conhecidas, foi desenhada especialmente para a sinalização do Aeroporto Charles de Gaulle. Este é considerado um dos projetos mais bem sucedidos de sinalização no mundo. Originalmente nomeada de Roissy, a fonte teve seu nome alterado para Frutiger quando foi comecializada pela primeira vez, em 1976. “…From all these experiences the most important thing I have learned is that legibility and beauty stand close together and that type design, in its restraint, should be only felt but not perceived by the reader. In the course of my professional life I have aquired knowledge and manual skill. To pass on what I had learned and achieved to the next generation became a necessity.” Adrian Frutiger Univers A Univers, foi a segunda fonte a ser comercializada para o uso em fotocomposição. Esta família tipográfica sem-serifa é conhecida por sua limpeza e legibilidade a longas distâncias. Foi uma das primeiras famílias a serem desenhadas pensando-se em todas as suas variações e...
%d bloggers like this: