produtividade

produtividade

Seja trabalhando sozinho ou gerenciando uma equipe, a organização é fundamental. Muita gente acha perda de tempo tirar alguns minutos do dia para organizar as tarefas. Seja planejando o que vai fazer no dia seguinte, antes de desligar o computador, ou antes de começar no próprio dia. Você não precisa calcular quantos minutos vai gastar em cada tarefa, mas essa organização ajuda a priorizar o que é mais importante, o que vai demandar mais tempo, o que pode ser resolvido rapidamente e tirado da fila logo de cara.

Estou sempre procurando formas de melhorar a produtividade, nesses dias tão corridos, e achei essa minha de ouro com vários PDFs disponíveis para download. Não tinha como não compartilhar! Dave Seah é um designer de interação e desenvolvedor que aplica processos de vídeo game para melhorar a educação. Ele desenvolve inúmeras ferramentas para não se perder no dia-a-dia, com muitos ou poucos projetos. Vale a pena conferir no  site!

E você, como controla seu fluxo de trabalho e produtividade?

imagem: The Task Progress Tracker © Dave Seah

 

hubert de lartigue

hubert de lartigue

Hubert de Lartigue, é mais um daqueles artistas que você não acredita na perfeição das imagens.
O francês, que atualmente trabalha e mora nos arredores de Paris, nasceu em Angers. Se formou em Artes na Ecole Estienne e foi trabalhar com packaging.
Depois de um ano trabalhando nessa área, se especializou e começou a trabalhar como ilustrador freelancer voltado para as embalagens.
Ilustrou capas de livros de ficção e  jogos de RPG, até chegar no seu tema favorito, pin-ups.

Em 2003, ele passou a pintar em grandes formatos, e vem produzindo em torno de 10 quadros por ano desde então. Os trabalhos são tinta acrílica sobre tela. A riqueza de detalhes é de tirar o fôlego!

 

post_jul2014_hubert1

© hubert de lartigue

© hubert de lartigue

© hubert de lartigue

post_jul2014_hubert3

© hubert de lartigue

post_jul2014_hubert4

© hubert de lartigue

post_jul2014_hubert5

© hubert de lartigue

 

Para mais telas, visite o site do artista. 

 

 

 

joana coccarelli

joana coccarelli

Num mundo de artistas digitais, a carioca Joana Coccarelli é uma artista à moda antiga. Suas colagens, inteiramente manuais, saltam aos olhos e fazem você passar um bom tempo se deliciando com cada pedacinho.
Todas feitas à mão, trazem uma riqueza de cores e detalhes e as mais diversas referências. Sua última série “the fairy tales sessions” , é uma releitura dos principais personagens do imaginário infantil, com uma visão moderna e surreal de cada um deles. Difícil foi escolher quais colocar aqui no post!

Joana ilustrou com 21 colagens o livro “liberdade até agora”, e teve seu trabalho publicado em vários lugares como na Folha de São Paulo e na revista especializada Zupi.

 

rapunzel © joana coccarelli

rapunzel © joana coccarelli

mad hat alice & cheshire cats (crazy cat lady) © joana coccarelli

mad hat alice & cheshire cats (crazy cat lady) © joana coccarelli

snow white © joana coccarelli

snow white © joana coccarelli

snow white's queen © joana coccarelli

snow white’s queen © joana coccarelli

golden locks © joana coccarelli

golden locks © joana coccarelli

the lillith side of the force © joana coccarelli

the lillith side of the force © joana coccarelli

 

Você pode ver mais do trabalho dela no Flickr, onde ela assina como narghee-la.

cadeira panton

cadeira panton

Eu sou suspeita para escrever este post, pois a cadeira Panton é um sonho de consumo que vem de muito antes da faculdade. Desenhada por Verner Panton, foi a primeira cadeira produzida com um único e contínuo pedaço de plástico. Sua história começou em 1955, com a cadeira S, em parceria com a Thonet. Esta já era uma peça única de compensado e que Verner tentou produzi-la durante muito tempo em plástico. Em 1960, ele cria a Panton e em 62, vende os direitos de produção à Herman Miller. Sua produção em série só foi resolvida em 1967 e desde então seu design ganhou vários prêmios internacionais. É um ícone de design e decoração atemporal. Quase sexagenária, se mantém moderna e objeto de desejo até hoje.

 

post_jul2014_panton1

cadeira panton

post_jul2014_panton2

verner panton, criador e criatura

post_jul2014_panton3

cadeiras panton

fabian oefner

fabian oefner

Nascido na Suíça em 1984, Fabian Oefner, é um artista aficcionado por ciência. Seu trabalho retrata fenômenos naturais presentes em nosso dia-a-dia, de maneira incrível e inspiradora. Abaixo, dois de seus trabalhos.

O primeiro retrata as propriedades do ferrofluido, quando misturado a pigmentos e aquarelas. Como o ferroluido não se mistura à água, ele forma os labirintos e bolsões contendo as cores vivas da aquarela. As fotos retratam essa reação microscópica, que tem o tamanho de uma cabeça de alfinete. A série é chamada de Millefiori.

millefiori © fabian oefner

millefiori © fabian oefner

millefiori © fabian oefner

millefiori © fabian oefner

 

O segundo, Liquid Jewel, forma lindas esculturas de tinta suspensas no ar e é uma continuação de sua série Black Hole, que explorava a força centrípeta. Nessa nova série, Fabian cobriu balões com várias camadas de tinta e fotografou o momento exato onde eles são estourados com uma agulha. O resultado é uma explosão de cores em várias direções, criando um efeito lindíssimo.

 

liquid jewel © fabian oefner

liquid jewel © fabian oefner

liquid jewel © fabian oefner

liquid jewel © fabian oefner

 

%d bloggers like this: